Casamento de Paulo e Patrícia

Casados em 21/08/2011

Nossa história

NOSSA HISTÓRIA...

Paulo sub-gerente da loja TIM, estava solteiro e bem desiludido com a vida amorosa. Eu acabara de entrar na TAM, estava também solteira, desenganada da vida do amor, jurava que no momento não queria conhecer ninguém.

Juliana trabalhava junto com o Paulo na TIM e era amiga da Natacha, minha irmã. As duas comentaram sobre eu e o Paulo, o assunto era que, como nós pessoas tão bacanas infelizmente não tínhamos dado certo com alguém. Ambos haviam passado por desilusões amorosas recentemente...

Certo dia a Juliana estava na academia fazendo esteira quando teve a brilhante idéia: Apresentar-nos.

Desde então as duas tornaram-se “cupidos” e começaram a planejar da gente se conhecer.

A Natacha veio me mostrar o Orkut dele, mas eu não estava muito afim, e ela super empolgada me perguntou: - E ai o que você achou dele??? E eu respondi: - É não vi nada de anormal... Demonstrando desanimo e falta de interesse!!! Enquanto o Paulo estava com a Juliana, super empolgado vendo minhas fotos no Orkut. Ele todo dia quando chegava à loja de manhã cedo, a primeira coisa que fazia era olhar as minhas fotos no computador, já estava ficando apaixonado por mim, que lindo...!!!

Ele me enviava msg, porém até então eu não dava a mínima atenção para ele, e ele percebeu que eu não estava assim tão empolgada em conhecê-lo! Mas mesmo assim, não desistiu, e continuou a enviar msg lindas de texto no meu celular, todos os dias, umas delas era tão linda que eu me lembro de cor até hoje...

“Será hoje o dia em que conhecerei a mulher que por uma imagem, me fez sonhar com seus traços? Que dia após dia, me deixa mais ansioso para olhar em seus olhos e ver o quanto tu és bela. Desejo lhe encontrar o quanto antes...”.

Mostrei a msg para minha mãe e disse que estava indo para um encontro com ele, mas que já tinha certeza que não iria dar certo, que com certeza eu iria encontrar um defeito como sempre e por isso não estava muito animada, foi quando minha mãe disse:

- Filha...! Desta vez eu sinto que vc vai dar certo com este rapaz!!!

E eu meio surpresa respondi: - Ah mãe, eu acho que não!!!

E fui, como quem diz, vamos lá, tenho certeza que logo de cara vou achar um defeito nele e que não vai rolar nada!!! Até mesmo pelas outras desilusões que já tive, eu já estava tão cansada que já fui tirando minhas conclusões precipitadas.

Encontramos-nos na casa da Juliana. Ele me esperava ansioso na calçada, junto c/ as nossas “cupidos”. Eu o cumprimentei, nos despedimos das meninas e logo saímos no carro dele a “Darlene”, isso mesmo, a Darlene é o nome do carro dele rsrs... Eu já o achei super diferente por isso. Fomos a procura de algum lugar legal para ir, eu o deixei escolher o lugar... Fomos à Pizzaria Franciscana no Carrão, comer pizza frita, mas foi incrível que, do momento em que saímos da casa da Juliana até + ou – a Dutra (uns 3 km aproximadamente) ele não parava de falar, e eu pelo contrário que achava que não ia dar certo já estava ficando perdidamente apaixonada por ele, pelos seus gestos, seu olhar, seu modo de falar, eu me interessei pelas suas idéias e pelas coisas que disse que fazia, ou fez no passado como, por exemplo, trabalho social com pessoas carentes, eu achei tudo aquilo um máximo!!! Na pizzaria vi que tínhamos mais afinidades... Como gostar da natureza, acampar, viajar etc... Ele nem me deixava falar, um “tagarelo” rsrsrs... E eu só ficava observando, mas juro como que daquele dia em diante eu já estava apaixonada por ele!!! Quando voltei pra casa não conseguia pensar em outra coisa, a não ser nele. Estava flutuando... Eu havia sido fisgada em cheio pela flecha do amor e foi assim que aconteceu... A primeira vista. Nosso primeiro encontro foi dia 18/01/09. Uma semana após esta data, fomos ao cinema, e quando ele foi me levar em casa, não conseguíamos nos despedir, e eu ir embora, só sei que o cd que ele colocou propositalmente de LOVE METAL tocou por diversas vezes... Enquanto eu e ele conversávamos sobre tudo, sobre a gente, nossa família, nossos gostos enfim... Conversamos tanto que não percebemos a hora passar, quando nos demos conta, amanheceu o dia, e já eram 6h da manhã. Ficamos a noite inteira acordados na rua dentro do carro apenas conversando...??? Sim, isso mesmo galera rsrsrs...  Ai eu disse, - Nossa daqui a pouco vou ter que ir trabalhar, e ele se ofereceu para me levar. Foi quando saímos do carro e aconteceu aquilo o que mais os dois queriam: “um longo e apaixonado beijo”... !!! Nosso primeiro beijo....!!! Isto foi dia 25/01/09. Quando estava no trabalho, quase caindo da cadeira de tanto sono, ele me despertou com uma mensagem: “Estou sem sono, seu perfume ficou em meu corpo, me fazendo lembrar demais de ti”... E  desde então não paramos mais de nos encontrar, nos falar, trocar mensagens apaixonadas, beijar, beijar, e beijar... Não conseguíamos mais parar, estávamos viciados um no outro, e estava ficando quase impossível ficar um dia sequer sem se ver. Foi assim que resolvemos morar juntos... E hoje decidimos oficializar! Eu nem me lembro de quando ele me pediu em namoro, noivado ou casamento. Eu acho que ele nem me chegou a pedir! Foi acontecendo naturalmente!! Pulamos todas as fases... A única certeza que vigora é que desde o primeiro dia em que nossos olhares se cruzaram, não importava de que maneira seria, sabíamos que queríamos ficar juntos para sempre!!!

Espero que tenham gostado do início da nossa história... E não para por aí...

Beijos,                                            

Paty e Ceni.

 

Site de Casamento criado no Pronto Casei